Fc Noticias » Estudos » Qual a árvore que para os gregos simbolizava vitória e era sagrada para Apolo

Qual a árvore que para os gregos simbolizava vitória e era sagrada para Apolo

O amor cego de Apolo por Dafne induzido pelo cupido remonta o mito das coroas de folha de louro até hoje utilizadas nas premiações olímpicas. Clique e saiba mais sobre esse mito grego.

     
Apolo e Dafne

Apolo e Dafne. Escultura do artista barroco italiano Gian Lorenzo Bernini. Retrata o momento em que Dafne torna-se árvore loureiro.

Apolo foi sem dúvida a divindade mais adorada entre os gregos. Conseguiu ser mais mais homenageado com oferendas, histórias e louvor que o próprio Zeus. O diferencial estava na correspondência da divindade com o imaginário e moralidade grega. Aos poucos, a Apolo foram atribuídos significados mais próximos da racionalidade grega, da arte, da música, da luz e do sol, do amor entre homens e das grandes conquistas atléticas e heróicas.

Um dos mitos que conjuram em um elemento importantíssimo aos gregos, instaura-se no amor descontrolado de Apolo pela ninfa Dafne. Após sua vitória contra a serpente Píton, Apolo vê o pequeno cupido articulando suas flechas e arco. Imediatamente ele o ridiculariza e diz que arma só pode ser usada por ele que é grande vencedor. O cupido levanta-se e alcança duas flechas, uma com ponta de ouro – a flecha que acende o amor – e outra com ponta de chumbo – a  flecha que afasta o amor.

Lançou a flecha com ponta de chumbo e feriu a ninfa Dafne, filha de Peneu, que andava pelos bosques. Com a flecha de ponta de ouro atingiu o peito de Apolo. Esse ficou perdidamente apaixonado pela ninfa e ela o repudiou.

De todas as formas Apolo tentou demonstrar e convence-la de seu amor verdadeiro, enquanto Dafne o repudiava e preferia andar e caçar nos bosques do que amar homem algum. Muitos admiradores perto dela chegaram para declarar-se mas nenhum conquistou-lhe o coração. Em um último momento, Apolo corre apaixonadamente atrás de Dafne que foge pelos bosques. Como era  veloz e sagaz, rapidamente a alcança e a envolve em seu braços. Dafne em desespero pede a seu pai que livre ela de ser deflorada pelo amor de Apolo. Ele atende o desejo da filha e ela se transforma em árvore antes que Apolo a possuísse.

Apolo desolado a declara como sua árvore preferida, e que dos ramos de suas folhas fará  coroas para ele e para os campeões e reis da Grécia. Dafne que do grego vem de “loureiro” é a árvore dos ramos de louros que foram usados para prestigiar os campeões das olimpíadas e grandes conquistadores gregos. Sua tradição até hoje continua nos jogos e faz parte do premio junto as medalhas olímpicas.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?