Fc Noticias » Saúde » Nascimento dos primeiros dentes permanentes

Nascimento dos primeiros dentes permanentes

A etapa de crescimento dos dentes é sempre muito desconfortante e preocupante para os pais. Confira nesse texto como acontece esse processo e a idade cronológica do nascimento dos dentes de leite e dos permanentes.

     

O nascimento dos dentes de leite e dos permanentes é sempre uma grande preocupação para as mães desde o nascimento da criança, pois esse processo causa muito desconforto.

Desde o primeiro mês de vida, é necessário que cuidados sejam realizados em toda a boca para que eles sejam saudáveis. Não só os dentes merecem atenção nos processos de higienização, mas também a gengiva, a língua, o céu da boca e as partes internas da bochecha.

Como todo organismo funciona de uma forma diferente, diversos dentistas fizeram a algum tempo, pesquisas sobre a idade e o tempo cronológico do crescimento dos dentes, tanto dos de leite quanto dos permanentes.

Dentes de leite

Dentes de leite

Ordem de crescimento:

* 6 á 12 meses: dentes incisivos superiores;

* 7 á 10 meses: dentes incisivos superiores;

* 9 á 12 meses: dentes laterais superiores e inferiores;

* 12 á 18 meses: primeiros molares inferiores e superiores;

* 18 á 24 meses: caninos superiores e inferiores;

* 24 á 30 meses: segundos molares inferiores e superiores.

Os dentes permanentes são todos aqueles que crescem após a perca dos dentes de leite. Nesse processo os cuidados com a higiene bucal devem aumentar ainda mais pois eles são dentes insubstituíveis – a não ser com implantes -, eles não crescerão novamente. Muitas pessoas perdem esses dentes no decorrer da vida por falta de cuidados e com isso acaba tendo que recorrer a dentaduras e a processos de implantes para não ficar com um sorriso vazio.

Dentes permanentes

Ordem de crescimento:

Dentes permanentes

* 6 á 7 anos: incisivos centrais inferiores, primeiros molares superiores e inferiores;

* 7 á 8 anos: incisivos centrais superiores e incisivos laterais inferiores;

* 8 á 9 anos: incisivos laterais superiores;

* 9 á 10 anos: caninos inferiores;

* 10 á 11 anos: primeiros pré-molares superiores;

* 10 á 12 anos: primeiros pré-molares inferiores e segundos pré-molares superiores;

* 11 á 12 anos: caninos superiores e segundos pré-molares inferiores;

* 11 á 13 anos: segundos molares inferiores;

* 12 á 13 anos: segundos molares superiores;

* 17 á 21 (ou mais): terceiros molares inferiores e superiores – dentes do siso.

A dentição permanente quando se completa possui 32 dentes, sendo 16 na parte superior da boca e 16 na região inferior.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?