Fc Noticias » Novidades » Pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito

Pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito

As faturas dos cartões estão prestes a vencer e você ainda não sabe como fazer para pagá-las devido ao pouco capital que detém? Que tal optar pela quitação mínima da dívida? Acesse essa matéria e veja como esse processo funciona e se é realmente vantajoso.

     

Muitos imprevistos aconteceram ao longo do mês e as dívidas acabaram ultrapassando o orçamento? Essa é uma situação bastante frequente no cotidiano de milhares de pessoas na atualidade, sendo um dos principais fatores que resultam no “se afundar em dívidas” cada vez mais altas.

Parte dos débitos que costumam ficar pendentes nesse processo e que geram grandes dores de cabeça são as faturas dos cartões de crédito, isso porque seus valores costumam ser bastante elevados e podem sair do controle por causa de gastos supérfluos, adicionamento de parcelas, juros e taxas.

Pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito

Cartão de crédito e dinheiro no bolso.
(foto: Reprodução)

Com o intuito de viabilizar saídas para esses casos, as operadoras dos cartões fornecem a opção de quitação mínima do valor total utilizado – apenas 10% do montante – articulação aparentemente vantajosa, mas que pode vir a proporcionar sérios prejuízos.

Segundo a opinião de economistas, os danos são acrescidos porque esse modelo de pagamento acarreta o encargo de juros muito altos para a próxima fatura, o que faz com que no mês seguinte os problemas financeiros do indivíduo sejam ainda maiores.

Outro ponto relevante a se destacar é que o alto valor investido para a quitação completa do débito faz com que o usuário do cartão fique com poucas reservas financeiras, característica que o obriga a utilizar seus meios de crédito para sanar suas necessidades, fazendo com que se torne um eterno refém dessa ferramenta.

É extremamente relevante que se tenha consciência, disciplina e manipulação de uma boa administração para se ter um ou mais cartões de crédito, cheques ou outras opções de pagamento a prazo, caso contrário, criará uma “bola de neve” de dívidas e cairá em uma profunda armadilha econômica.

Dica

O mais recomendado nesses casos é pagar o valor que conseguirá da fatura e parcelar o restante na quantidade mínima de parcelas disponíveis, assim conseguirá liberar o limite e as tarifas serão razoavelmente menores. Tente controlar os gastos a partir desse momento, diminuindo a quantidade de compras desnecessárias, até que o equilíbrio de capital seja promovido com sucesso.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?