Fc Noticias » Estudos » Florence e a Guerra da Crimeia

Florence e a Guerra da Crimeia

Conheça um pouco da trajetória de Florence Nightingale, pioneira da enfermagem nos campos de batalha durante a guerra da Crimeia. Veja também o legado que ela deixou e a sua influência no meio feminino.

     

Florence Nightingale foi uma das enfermeiras mais importantes da história americana, sendo a primeira mulher a tratar dos feridos em um conflito na Guerra da Crimeia. Ela nasceu na cidade de Florença no dia 12 de Maio de 1820 e faleceu dia 13 de Agosto de 1901 em Londres.

1854 à 1856

A Guerra de Crimeia aconteceu entre os anos de 1854 à 1856, foi uma conflito entre a Rússia e a coligação da França, do Império Otomano e da Sardenha. Esse foi um dos pontos marcantes da reviravolta da história política europeia na era pós-napoleônica. O fator base desse conflito foi o Levante, reerguido com o declínio do Império Otomano, que abalou de forma profunda todas as estruturas do continente europeu na época.

Importância de Florence Nightingale na Guerra de Crimeia

Florence Nightingale.

Devido a grande potencialidade educacional que seu pai lhe agregou, ensinando vários idiomas, tal como alemão, italiano, grego, latim e o francês; algumas disciplinas, como história, matemática e filosofia, Florence obteve destaque em sua formação na instituição protestante de Kaiserswerth, na Alemanha. Após esse período de aprendizagem, ela se transferiu para a cidade de Londres, onde iniciou seus trabalhos na área médica.

Foi durante esses dois anos que Florence ficou também conhecida como A dama da lâmpada, pois quando não estava prestando socorro aos feridos durante a noite, auxiliava os demais componentes da equipe médica a iluminar o caminho do campo de guerra, auxiliando  os indivíduos que necessitavam de ajuda.

Nesse tempo, Florence observou a forma como a falta de higiene dos campos e as doenças matavam os soldados feridos e onde começou a desenvolver trabalhos de assistência aos enfermos, fornecendo uma melhor infraestrutura hospitalar, que a deixou mais conhecida entre os combatentes.

Todas as reformas que essa importante enfermeira foi conquistando os postos médicos de batalha e ao seu hospital militar, reduziu consideravelmente o número de mortes na época. Mesmo assim, Florence ainda não se sentiu satisfeita e começou uma nova batalha para a realização de uma melhor regulamentação do sistema de saúde militar.

Dois anos depois o fim da guerra da Crimeia, em 1858, publicou Notes on Matters Affecting the Health, Efficiency and Hospital Administration of the British Army. Já no ano de 1860, fundou a primeira escola de enfermagem do mundo no Hospital de St. Thomas, em Londres.

1901

Florence foi um dos grandes exemplos feministas no mundo. Serviu de exemplo para que as demais mulheres se impusessem dentro da sociedade. Os seus trabalhos só tiveram fim no ano de 1901, onde a sua visão já havia sido totalmente atingida por uma doença, deixando-a completamente cega.

Mesmo após o seu falecimento, continuou a ser lembrada, não somente pelos feitos na área da saúde, mas pelo potencial dos seus gráficos matemáticos, totalmente criativos que utilizava para explicar todas as suas conclusões estatísticas para generais e membros do parlamento.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?