Fc Noticias » Estudos » Quem foi Getúlio Vargas resumo

Quem foi Getúlio Vargas resumo

Getúlio Vargas foi o governante que mais tempo se manteve no poder, tendo ao todo governado o país em dois mandatos, em 1954 comete suicídio, ato que devido ao clima da da época ate hoje é alvo de polêmicas.

     
 Getúlio Vargas

Getúlio Vargas foi o presidente que mais tempo se manteve no poder até hoje

Getúlio Vargas nasce em 1882 na cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul, em 1930 ele ascende ao poder da nação, após ser um dos cabeças na quebra da política conhecida como café com leite, na revolução de 30 ele derruba o governo de Washington Luiz e assume a cadeira de governador do Brasil.

Durante a primeira fase do seu governo conhecida como governo provisório, ele tira o poder nas mão legislativas vigentes e nomeia representantes seus para as localidades, de imediato começa a acontecer levantes violentos contrários as sanções de Vargas, mesmo o movimento tendo sido desintegrado em 1934 é promulgada a Constituição.

No entanto, em 1937 ele promove o fechamento do congresso nacional e instaura um regime militar no país, o chamado Estado Novo. Nesses tempo Vargas simpatizava com os ideais fascistas de Mussolini e para criar uma boa imagem do governo utiliza de  mecanismos de propaganda que ora promovia o Estado Novo ora combatia as queixas contrárias.

No governo varguista tem se o cerne de direitos trabalhistas brasileiros que vigoram até hoje, entre eles a regulamentação das jornadas de trabalho em 8 horas diárias, implantação do salário mínimo, regulamentação do trabalho feminino e ainda o legitimo das jornadas de trabalho noturnas. Também fez altos investimentos no fomento agrícola ,desenvolvimento em infraestrutura, criação do IBGE, entre outras realizações. Seu governo teve, portanto, caráter desenvolvimentista, nacionalista e populista.

Em 1945 sofre um golpe militar e sai do poder, contudo voltou a ser o representante máximo da nação em 1950 através do voto popular. Sua principal contribuição nesse tempos foi a política nacionalista que tinha como tema “ o petróleo é nosso” que reverberaria na criação da Petrobrás. Em 1954 suicida-se e, como ele mesmo disse, deixou de viver e entrou para a história.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?