Fc Noticias » Saúde » Capacitação SAMU

Capacitação SAMU

Deseja ser um profissional da saúde e trabalhar no SAMU? Clique e saiba sobre os cargos e o que é requerido a cada um deles.

     
samu

Logo e número do SAMU.

O SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – é um serviço de saúde de caráter hierárquico semelhante ao corpo de bombeiros, responsável pelo atendimento de urgência das regiões onde são instalados.

Esse serviço dispõe de profissionais capacitados e bem treinados para diversos tipos de situação. Tem se implantado em todo o país e sua atuação é na maioria das vezes elogiada .

O SAMU dispõe de basicamente de 5 funções: Condutor-Socorrista, Enfermeiro Intervencionista, Médico Intervencionista, Técnico em Enfermagem ou Auxiliar em Enfermagem Intervencionista e Técnico Administrativo.

O Condutor-Socorrista é o profissional que será responsável por conduzir o veículo de atendimento móvel, transportando tanto a vítima como os demais profissionais na equipe. Ele também pode auxiliar no atendimento a vítima da forma mais básica ou com orientação de outro profissional da equipe que tenha especialização em atendimento. O condutor deve conhecer toda a região abrangida pela unidade, conhecer e fazer a manutenção do veículo de atendimento e manter-se atualizado quanto a cursos de qualificação.

É requerido que tenha Ensino Fundamental completo, Carteira Nacional de Habilitação de categoria D, pelo menos 2 anos de experiência como motorista, ser maior de 20 anos, possuir certificado do curso do SEST/SENAT de Condutor de Veículos de Emergência.

O Enfermeiro Intervencionista é encarregado de supervisionar todo o andamento do atendimento na unidade móvel hospitalar. Deve seguir a ei do Exercício Profissional e ao Código de Ética de Enfermagem, fazer atendimento mais complexos, dispondo de caráter e conhecimentos científicos, capacidade de tomar decisões rápidas, saber fazer partos e os procedimentos com o recém-nascido, saber manusear a vítima do local, fazer check list de todos os equipamentos da unidade móvel, conhecer todos eles e mante-los em perfeito funcionamento para qualquer eventual emergência.

É requerido que tenha formação em curso superior de Enfermagem reconhecido pelo Conselho Regional de Enfermagem, tenha experiência em atendimentos hospitalares ou atendimento móvel, disposição de tempo para o serviço, condicionamento físico necessário, controle emocional e facilidade de trabalho em equipe.

O Médico Intervencionista está responsável por coordenar as ações da equipe na unidade móvel e atuar como médico regulador na base (obedecendo a escala pré determinada). Deve dispor dos conhecimentos necessários para o atendimento as vítimas com caráter de urgência, obedecendo a Lei do Exercício Profissional, Resoluções do Conselho Federal de Medicina, do Conselho Regional de Medicina e ou Código de Ética Médica e manter-se atualizado frequentando os seminários da área.

É requerido que tenha formação em nível superior de medicina, devidamente cadastrado no Conselho Regional de Medicina, atuante nas áreas regulação médica, suporte avançado de vida, atuação no pré-hospitalar, nas ambulâncias e gerência do sistema. Deve ter equilíbrio emocional para realizar os diversos tipos de atendimento, destreza com os equipamentos, preparação física e disponibilidade de tempo ao serviço.

O Técnico em Enfermagem ou Auxiliar em Enfermagem Intervencionista é o profissional responsável pelo funcionamento do equipamento utilizado em todas a operações. Deve fazer manutenções, conhecer integralmente todos os equipamentos da unidade móvel. Deve manter contato com a central por telefone ou rádio e seguir as orientações, orientar por meio do telefone, ter conhecimento da estrutura e e a localização de todos os estabelecimentos de saúde locais e auxiliar a equipe   nos gestos básicos da preservação da vida, imobilização e transporte da vida.

É requerido Ensino Médio completo e formação técnica em Enfermagem registrada no Conselho Regional de Enfermagem, ter no mínimo 2 anos de experiência  em enfermagem técnica, controle emocional, capacidade de trabalhar em equipe, disponibilização de tempo para serviço.

O Técnico Administrativo é o profissional responsável por digitar documentos como ofícios e memorandos dentro dos prazos e especificações determinados, monitorar diariamente a ficha de presença dos demais profissionais da unidade, ajudar na confecção de relatórios, organizar e receber as correspondências da unidade, organizar agenda com reuniões e compromissos da unidade e participar do controle de requisições  de equipamentos.

É requerido que tenha Ensino Médio completo, curso técnico em administração, experiencia de pelo menos 2 anos em atividades administrativas ou secretariado, noções básicas de informática, disponibilidade de tempo para o serviço, controle emocional e saber trabalhar em equipe.

O ingresso no SAMU dá-se por meio de concurso público realizado pela prefeitura do município que abriga a unidade. Os candidatos aprovados no concurso passarão por uma capacitação do SAMU com duração de 2 anos e logo serão encaminhados a unidade para serviço.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?