Fc Noticias » Estudos » Peixe que respira fora da água

Peixe que respira fora da água

No Brasil existem espécies de peixes que respiram tanto embaixo d’água como na superfície. Clique e saiba mais sobre essas espécies.

     

A teoria do evolucionismo propõe que os primeiros seres vivos animais seriam os aquáticos e que esses, por meio de processos evolutivos, desenvolveriam capacidade anfíbias e passariam a viver em terra e dar origem aos primeiros repteis. Essa teoria, apesar de alguns problemas, é muito aceita pela comunidade científica que periodicamente encontra provas do evolucionismo.

Refletindo sobre essas questões, pode ser difícil pensar em um peixe atual que consiga respirar fora da água sem que perca a vida. Mesmo que a maioria dos peixes e espécies aquáticas só consigam vivem em água – seja doce ou salgada – existem algumas espécies que conseguem ou só respiram oxigênio da superfície.

No Brasil, existem duas espécies emblemáticas nesse assunto: A Pirambóia e o Pirarucu.

Pirambóia – do Tupi “peixe cobra”, junção das palavras Pira e Mbóia – é um peixe nativo da região amazônica e também da bacia do Paraná. Esse peixe é verdadeiramente pulmonado mas não precisa necessariamente do oxigênio da superfície para sobreviver. Dentro a água, a Pirambóia utiliza as branquias  como qualquer outro peixe. Essa espécie utiliza o pulmão nos períodos em que os rios secam. Nesse período, as Pirambóias enterram-se na lama e lá entram em um estado parecido com hibernação, utilizando a respiração pulmonada. Na lama elas ficam até que o rio volte a encher. É geralmente encontrada em planícies pantaneiras.

Pirarucu – do Tupi “peixe vermelho”– é o maior peixe de água doce do mundo. pode chegar ate 3,50 metros de comprimento. O Pirarucu possui branquias para respiração embaixo d’água e pulmões para respiração na superfície. Porém, a respiração na superfície é obrigatória para essa espécie. Encontrado principalmente no Rio Amazonas, seu modo obrigatório de respiração na superfície facilita muito a captura por seres humanos.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?