Fc Noticias » Saúde » Transtorno bipolar: Tratamento, cura e tipos

Transtorno bipolar: Tratamento, cura e tipos

O transtorno bipolar é uma disfunção mental que pode estar ligado a nossa genética, contudo os gatilhos que acionam a doenças podem estar presentes em nossas relações com o mundo. A seguir você entende melhor esse mal inclusive como trata-lo.

     

O transtorno bipolar é um distúrbio mental caracterizado pela alternância súbita de  humor, entre estado eufórico, depressão, manias além de períodos de relativa estabilidade.  Não se sabe realmente a origem exata desse mal, mas suspeitas apontam que séria trazido na carga genética do doente, e despertado por fatores fenótipos. Sua gravidade se dar por afetar de forma incisiva as emoções e os mecanismos de recompensa e motivação do nosso sistema neurológico, aumentando substancialmente a chances do indivíduo atentar contra a integridade física sua e de outrem, ter atitudes excêntricas e até cometer suicídio.

Esses transtorno implica no descompasso da linearidade  dos pensamentos e ideias, onde a pessoa passa por momentos de compulsividades em alternância com períodos de planejamento e minúcia extrema, uma marcante dualidade na forma de pensar, onde a recessividade e a dominância de uma ideia acontece quase que o tempo inteiro.

Trastorno bipolar tratamentos

A Bipolaridade é marcada pelas dualidades, ora depressivo, ora eufórico ou hipomaníaco.

Tipos de Transtorno Bipolar  

Existem varias tipos de variações de transtorno bipolar, que se diferenciam entre si principalmente pelo tempo dos episódios, e pelo tipo de alternância entre surtos maníacos e depressivos. Iremos então apontar quatro diferentes tipos do problema, cada um com suas particularidades:

Tipo I

É a forma dita clássica da bipolaridade, marcado por sucessivas alternâncias de estado maníaco para depressivo, e a forma mais nociva da doença dato seus efeitos mais latentes e intensos.

Tipo II

* Ciclotimia

Como já pressupõe o nome, esse forma da patologia caracteriza-se  por mudanças cíclicas de humor, contudo, esses alternância não é tão forte para ser considerada um estado de depressão grave ou ou mania bipolarizada. As pessoas afetadas por esse geral do transtorno pode ter o quadro agravado e sem acompanhamento e tratamento experimentar a forma mais grave da doença.

* Hipomania e Depressão

Nesse grau a Desordem Bipolar não trás ao indivíduo estado maníaco, sendo mais incisivos as ocorrências depressivas e hipomanias intercaladamente.

* Ciclo Rápido

Pode ser acometido tanto por um trastorno bipolar quanto uma fase passageira no psicológico do indivíduo, sua principal singularidade é a ciclo de muitos tipos de estados em um espaço de um anos estimadamente, com uma permanecia de cada estado por um período continuo ora de horas,  ora de dias.

Tratamento 

Até o momento ainda não foi descoberta uma cura definitiva para a bipolaridade, no entanto isso não significa inexistência de tratamento, alias, figura entre as doenças psicológicas com maior arsenal para controle. Descobertas recentes apontam que o Lítio consegue amenizar os quadros, por isso está sendo largamente ministrado para esse fim. Também é suspendida o uso de drogas psicoativas e estimulantes com cafeína, anfetaminas e cocaína, em contraposição são receitados antidepressivos.

Um fato interessante da bipolaridade é sua ligação com a criatividade, fazendo uma retrospectiva histórica notamos que figuras notarias da ciências e das artes sofriam com sintomas característicos do mal aqui falado, isso ocorre porque, o estado de euforia permite que a pessoa crie um campo de percepção mais sensível, e consiga apreciar questões quem em estado normal passariam desapercebidas.

Diagnosticar a doença precocemente é imprescindível para que suas relações interpessoais não sofram maiores danos, e ainda para que sua integridade física seja preservada. Logo que suspeitar que sofra com os sintomas da doenças com frequência  procure um médico especialista, que se confirmado o caso iniciara o quanto antes seu tratamento.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?