Fc Noticias » Novidades » Pintura plástica para metal

Pintura plástica para metal

Os metais quando não protegidos dos intemperes por algum tipo de revestimento estão sujeito ao aparecimento da ferrugem. Continue lendo e descubras as principais soluções do mercado atual para impedir a corrosão.

     

Um dos grandes problemas enfrentados pela a humanidade é a corrosão dos metais, esse processo natural de destruição gradativa provocado pelas reações eletroquímicas e químicas das subâstncias  do material com as presentes no meio ambiente. Como resultado da oxidação e da redução do metal temos a ferrugem, que além de danificar a estéticas dos objetos, pode influir na sua resistência.

Para interromper ou impedir  esse processo temos que proteger a superfície do metal do contato com o oxigênio, assim a solução mais prática são as pinturas, contudo, outro problema ainda segue, os impactos mecânicos. Um tipo de revestimento em especial consegue resolver duplamente o problema, o acabamento emborrachado.

como prevenir a corrosão de metais.

A ferrugem é resultado da reação natural do metal com o tempo.

O acabamento emborrachado é feito a base de resina acrílica, hidrossolúvel e não inflamável, é ideal para superfícies sujeitas aos impactos intemperes, podendo ser aplicado não apenas em metais mais também em medeira. É muito usado para proteger algumas partes estruturais do automóvel, evitando o desgaste por atrito e impacto. Para que a revestimento adira bem à superfície ela deve ser bem preparada antes da aplicação, limpando-a com escova de aço e lixa indicada.

Visto que a corrosão ainda é um grave problema, vários estudos estão sendo feitos em prol de soluções inteligentes, novos revestimentos polímeros estão sendo desenvolvidos que além de proteger os materiais metálicos se auto regeneram caso sofra algum dano, isso provavelmente revolucionara o seguimento que hoje tem como soluções mais comuns os vernizes, as tintas e os já citados acabamentos emborrachados.

Esse efeito milagroso de conserto espontâneo que anula a possibilidade corrosão, foi conseguido por que toda a estrutura do polímero é composta por nano-esferas  algumas dessas carregam um agente de cura enquanto outras são dotadas de capacidades catalisadoras, essas poderão ser introduzidas não apenas nos revestimentos plásticos mais em qualquer que seja a cobertura a aplicar no metal.

Enquato essa tecnologia não chega ao mercado a melhor solução mesmo é utilizar os revestimentos emborrachados, que trás proteção e beleza ao objeto, sendo também de fácil aplicação.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?