Fc Noticias » Novidades » Dores depois da academia é normal

Dores depois da academia é normal

Sentir dores após a realização de exercícios físicos é normal? Como evitar? Até quando esse incômodo é bom? Confira essas e outras informações neste artigo!

     

Atualmente, muitas pessoas vem buscando metas para perda de peso, emagrecimento e definição muscular, contando com a ajuda de uma boa alimentação, prática regular de exercícios físicos e suplementações. Para os treineiros iniciantes, muitas dúvidas e incômodos surgirão nos primeiros momentos, como as dores musculares.

Muitos não sabem, mas esse chato desconforto é bem normal. Como muitos marombeiros dizem: “No pain, no gain” que significa: “Sem sofrimentos, sem resultados”.

Quando a dor é normal?

Dores depois da academia é normal

Mulher fazendo alongamento para relaxar a musculatura.
(Créditos da foto: http://www.melhoramiga.com.br/)

É caracterizada como uma dor normal, aquela que parece com uma queimação, processo bem parecido quando o músculo está sendo treinado na academia. Esse processo é causado pelo aumento de ácido lático no músculo, que é um co-produto do metabolismo e também pelas fissuras no tecido muscular, que aparecem devido a prática de exercícios.

Mesmo com a presença dessas dores, o músculo consegue se reconstituir, processo que acontece enquanto dormimos e através de uma excelente alimentação. Essa “reconstrução” produzem a fortificação dos músculos, a definição e o aumento gradativo da massa magra do corpo.

Com o tempo, essas dores são caracterizadas pelo treineiro como boas, por causa dos resultados que produzem na estrutura corporal. Mesmo com a sua presença, elas não impedem que o indivíduo realize outras atividades ou atrapalhe a movimentação.

São consideradas como dores ruins e perigosas, aquelas que causam muita dor ao movimentar as áreas afetadas e aparecem algumas horas depois do treino. Normalmente elas prejudicam a movimentação da pessoa devido as lesões articulares que produz.

Posso treinar com as dores?

Sim, mas é necessário que o instrutor da academia seja informado sobre os incômodos. Assim as cargas dos pesos e a intensidade dos exercícios irão ser um pouco diminuídos, até que os sintomas aliviem, não provocando possíveis lesões ao corpo.

Em alguns casos, para quem está em busca de definição e crescimento muscular, é indicado que converse com o professor da academia para saber como lidar com essas dores, pois quando as cargas são diminuídas, os efeitos não são tão bons. Normalmente, quando o mesmo peso é utilizado por alguns dias, ele acostuma o corpo com ele, por consequência, as dores vão deixando de ser tão incômodas.

Dicas para amenizar as dores

É importante salientar que as dores estarão presentes sempre que o corpo for exposto a exercícios e atividades diferentes do que costuma realizar, portanto, com a prática de modalidades aeróbicas e musculação, as dores aparecerão, principalmente quando os treinos começarem a ficar cada vez mais pesados.

» Faça alongamentos após o treino, principalmente nas regiões que foram treinadas com intensidade;
» Após concluir os exercícios de musculação, faça 10 minutos tranquilos de aeróbico, isso ajudará na melhora da circulação sanguínea;
» Massageie a região antes de dormir;
» Procure ter boas noites de sono;
» Beba bastante água;
» Aumente o consumo de proteínas e carboidratos com baixo índice glicêmico;

O grande jogo que possibilita o crescimento, definição e manutenção muscular, se dá através das dores dos treinos. Por isso, tenha sempre em mente que, após “destruir os músculos”, expondo-os a vários níveis de intensidade, o descanso, a boa alimentação e a suplementação deverão vir na sequência, para que os resultados sejam visíveis em pouco tempo.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?