Fc Noticias » Saúde » Dores nos olhos e tontura

Dores nos olhos e tontura

Vários problemas podem estar relacionados a dores nos olhos e tonturas, alguns podem ser simples casos de vista ou de doenças mais graves, veja mais que problemas podem estar relacionados a essas dores.

     

Dores nos olhos e tontura são sintomas comuns e podem ser motivos de vários problemas. O recomendado, para todos que sentem-se  incomodados por algum sintoma, é procurar um médico. Mas se você ainda tem duvidas, veja aqui quais problemas podem estar relacionados a tontura e dores nos olhos.

problemas relacionados a dores nos olhos e tontura

Dores nos olhos e tontura pode ser sinal de labirintite ou visão cansada.

(foto: reprodução)

Geralmente, quando surgem estes problemas, a maioria das pessoas procuram o oftalmologista, por se tratar de sintomas que podem ser causado por vistas cansadas ou por sofrem de miopia ou astigmatismo. Estas necessitam do uso de óculos que só podem ser prescritos pelo médico oftalmologista.

Labirintite

A Labirintite é um mal que pode afetar qualquer pessoa independente da idade. Ela causa vários problemas como: tontura, zumbidos no ouvido, dor de cabeça, enjoo, visão embaçada, fotossensibilidade, entre muitos outros sintomas relacionado ao equilíbrio e dores faciais. Ela pode ser provocada por vários casos, como falta de irrigação no labirinto do ouvido interno, hereditariedade, uso de medicamentos, vírus, também é associada a ATM, DTM e estresse.

O tratamento é feito a base de remédios recomendados, principalmente, para pessoas acima de 40 anos. Existem vários tipos de remédios, mas os mais receitados são a base de flunarizina e cinarizina e podem ser encontrados em qualquer farmácia, alguns casos requerem o uso continuo do remédios, lembre-se de ler a bula.

Aneurisma

Aneurisma é um problema grave e, na maioria dos casos, leva o individuo a óbito. O aneurisma também é conhecido como hemorragia subaracnóide, hemorragia cerebral e derrame cerebral. Ele ocorre quando há ruptura nos vasos que levam sangue ao cérebro.  Com a ruptura deste vaso, o sangue jorra para a o espaço subaracnóide. Assim, como a labirintite, o aneurisma pode ocorrer com qualquer pessoa. A aneurisma ocorre com mais frequência em indivíduos com idades entre 40 e 50 anos e que tem histórico de familiares que sofrem de doenças como hipertensão, dislipidemias e diabetes.

É comum que ocorra dores de cabeça, vomito, convulsões, ptose palpebral, perda de consciência e em alguns casos uma progressiva perda de visão. O tratamento será decidido de acordo com o diagnostico dado pelo médico. Em casos de aneurisma rotos o problema é grave e o médico recomendará a cirurgia imediata, mas poderá recomendar o tratamento endovascular ou até mesmo a inserção do Onyx, um liquido que torna o aneurisma solido.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?