Fc Noticias » Saúde » Bebês podem tomar chá de camomila

Bebês podem tomar chá de camomila

Dar ou não, chá de camomila para os bebês que sentem muita cólica? A seguir, você entenderá se é recomendado dar chá de camomila para os bebês. Descubra a partir de quantos meses o chá de camomila é recomendado para os bebês e perca todas as dúvidas. Confira!

     

A dúvida que muitas mamães tem em relação aos seus bebês é se podem dar chá de camomila para eles. Compreenda que até os seis meses, o único líquido saudável para o bebê é o leite materno.

Porém, antigamente, muitas vovós receitavam chás para dar aos bebês, como medicamento para evitar cólicas. Método errado, pois diante muitos estudos, já foi comprovado e afirmado que apenas o leite materno é essencial para o organismo do bebê.

Assimile que o estômago do recém-nascido é deveras pequeno, caso o bebê ingira chá, seu estômago será preenchido por água, ocasionando a absorção dos nutrientes e vitaminas deixados pelo leite materno, logo, prejudicará o desenvolvimento do bebê.

Entenda também que existe o sério risco do bebê ter algum tipo de alergia, relacionada às substâncias contidas no chá. Por mais que o chá seja natural, poderá acarretar problemas na saúde do bebê, levando a fatalidades terríveis, pois o organismo de um bebê é muito sensível.

Chá de camomila

Sendo assim, no lugar de dar o chá ao bebê, o certo seria a mãe tomar o chá, dado que tudo o que a mãe, come e bebe, destina-se para o leite materno. Logo, ao ingerir o chá de camomila, que é um relaxante, acabará indo para o leite, evitando que o bebê perca os nutrientes encontrados somente no leite materno.

A dica é que seja evitado o chá de camomila de saquinho, o certo é comprar os pacotes que vendem nas casas de ervas ou produtos naturais. Ferva por alguns minutos, coe e tome no decorrer do dia. Ajudará também na produção do leite, pois o líquido é imprescindível para a fabricação do leite.

O leite materno é o único responsável pela hidratação do bebê, por isso toda mamãe deve manter-se hidratada também, ou seja, é necessário tomar muita água. Principalmente nos dias quentes, pois o bebê mamará mais do que o normal.

Nunca dê chá ou água ao seu bebê antes dos seis meses, mas caso sinta a necessidade, dialogue sobre esse assunto com o pediatra do bebê, de qualquer forma, tenha em mente que a água precisa ser filtrada, fervida e resfriada.

Ressaltando, que os bebês possuem estômagos pequenos, o chá poderá ocupar o lugar do leite, impedindo a digestão correta do bebê. Recomenda-se, que seja dado o chá de camomila, após os seis meses de vida do bebê.

Bebê dormindo

Após a criança completar um ano de idade, não há recomendações contrárias ao chá, dado que a alimentação da criança estará quase de acordo com a alimentação de um adulto.

Diante isso, não é necessário evitar o chá de camomila nessa idade, pois ajudará a combater, por exemplo, dor de estômago. Entenda que o chá de camomila é um remédio caseiro tradicional, usados geralmente para lactantes e crianças que sofrem de cólicas, diarreia e febre.

ATENÇÃO

Atente-se, pois não é recomendado que crianças com menos de cinco anos tomem o chá mais do que 1/2 xícaras de chá por dia. Já o bebê, poderá tomar o chá a partir do seis meses, porém não podem tomar mais de 28 g por dia do chá. É preciso ter a consciência de que crianças neurologicamente saudáveis, não necessitam do chá de camomila para dormirem.

Sabendo-se disso, o chá de camomila tem eficácia em instigar o organismo ao relaxamento, pois é uma planta rica em substâncias que trazem benefícios como anti-inflamatórios e antioxidantes, que ajudam a diminuir a ansiedade.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?