Fc Noticias » Universo Feminino » Atraso menstrual e cólicas

Atraso menstrual e cólicas

Veremos os motivos que causam o atraso da menstruação e as famosas cólicas, revelando que nem sempre esses sintomas indicam que a mulher está grávida.

     

Quando a menstruação atrasa, logo as mulheres pensam que podem estar grávidas, mas nem sempre isso é verdade.

Cada mulher possui um tipo de ciclo menstrual, umas regulares e outras irregulares.

Atraso menstrual e cólica

Para as mulheres que possuem ciclos regulares, é muito difícil que o atraso seja por mais de três dias, já para as que possuem ciclos irregulares, a menstruação pode adiar por até uma semana.

Não tem como constatar o dia certo em que a mulher irá ovular, mesmo com a ajuda de ginecologistas e obstetras, esses especialistas podem apenas indicar qual o período do mês aproximadamente que esse processo irá acontecer.

É necessário antes de mais nada que a mulher marque uma consulta para avaliar como funciona o seu ciclo. A partir dessa resposta ela poderá tirar algumas conclusões.

Os atrasos menstruais podem ser decorrentes não apenas de uma gravidez, mas devido ao estresse, a alterações emocionais, a ansiedade, a prática demasiada de exercícios físicos ou traumas. 

As cólicas em período de menstruação atrasada pode estar ligada a gravidez, mas também pode ser um sinal de que algo não vai bem com o corpo ou com a genital feminina, problemas que podem ser ligados a síndrome do ovário, policísticos, tumores no sistema nervoso central, anorexia, fibrose uterina, falência ovariana, amenorreia, sinéquias uterinas, histerectomia, ingestão de medicamentos e até mesmo ao aumento excessivo de peso.

A probabilidade maior de gravidez com sintomas de atraso da menstruação e cólica, é quando a mulher possui vida sexual ativa com o parceiro e não se previne corretamente, não fazendo o uso de anticoncepcionais ou da camisinha.

Se por um acaso uma mulher tiver relação sem se prevenir mas tomar a pílula do dia seguinte, ela poderá notar que a sua data de menstruação irá mudar, pois esse medicamento desregula o sistema genital por conter muito hormônio. Algumas mulheres podem ter atraso de até 1 mês na menstruação e quando o período é mais longo, contando a partir de uma semana, o corpo sente os efeitos colaterais, que podem durar até a menstruação descer.

Cerca de 65% das mulheres constatam gravidez com esses sintomas e os outros 35% estão apenas com um dos problemas relacionados acima.

Caso a paciente sinta dúvida sobre o que sente, é necessário que procure um ginecologista para diagnosticar o caso, para que ele receite o tratamento devido ou comece a fazer o pré-natal.

Se a dúvida for entre estar grávida ou não, a mulher poderá optar por fazer um teste de farmácia ou ir até uma clínica e fazer o exame de sangue e aguardar o resultado.

Textos Relacionados:


Quer comentar ?